Palavras para o tempo ⏲

O tempo de tudo sabe,
sempre de tudo a de saber.

Tem a paciência de quem sabe a hora de chegar,
e a piedade de quem sabe o quanto dói esperar.

Tem a certeza de que tudo há de passar,
e o conforto  de que um dia o mal findará.

Tem a doçura de que a primavera virá,
e a ternura de que uma flor brotará.

E mesmo se um dia essa flor murchar,
na memória do tempo, ela ainda estará.

Pois tudo que existiu, uma história deixou;
Curta ou longa, sua marca ficou.

Toda diferente, cada cor e cada tom;
Cada nome e cada rosto; Cada cheiro e cada som.

O tempo  não os  esquece, nem para bem nem para mal.
Favorece quem merece, e quem fez mal recebe igual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *