Uma Carta Íntima – Reencontro Com a Fé 📿♾

Ooie, você! 😍
Hoje apresento uma declaração de amor um pouco diferente. Esta não foi escrita e dedicada a um dos amores que já passaram por minha vida, e sim para o mais importante deles: Deus. 💝
A caminhada pela fé é longa e tortuosa, o mundo nos testa todo o tempo e tenta nos afastar da via de acesso a salvação, bem sabemos disso. Mas, há momentos em que nos encontramos mais perto da luz, somos tocados verdadeiramente pela presença do criador. O texto a seguir foi escrito em um desses lapsos de espiritualidade, enquanto eu chorava de felicidade e me sentia acolhida pela paz de nosso pai como nunca antes.
Espero que minhas palavras falem por si só, e que sirvam para lhe imprimir conforto ou qualquer outro sentimento positivo; Porque foi transbordante deles que me sentia ao tecê-las.
Kisses e mais kisses! 🥰 😘 😗 😙

Vinha escutando seu chamado.
Ouvi-lhe  no sussurrar da brisa, no alvorecer de cada manhã.
Também no cair da noite, e em todas as horas que compõem meus dias.
O senti nas melodias, me encontrei em tua luz.
Soube que  seus olhos estão a sondar-me, que só tu conheces cada pequena minúcia de minha alma. Constatei também que teu amor me mantém de pé, e que é o meu mais firme e indestrutível sustentáculo. 

E então  eu chorei ao sentir tua presença em meu quarto, em meu coração.
Lágrimas verteram e ouvi sua voz, dizendo-me para ficar tranquila.
Abri a boca para falar, mas calei, subjugada pela emoção de vê-lo tão próximo.

Palavras jamais serão dignas de expressar tamanho amor que tenho por ti, Senhor.
Tampouco como sinto-me aliviada por ter a certeza de que te reencontrei. Meu pai, meu verdadeiro pai. 
A carne não significa nada perante o fato de que tu és meu pai de alma, tu formaste-me com base em ti.

– Entregue-os a mim – disse-me de forma sutil, com um olhar atento sobre meus problemas e temores.

Então o fiz, sabendo que por mais que eles não tenham sido solucionados ou superados, tu estarás comigo à medida em que aprendo a vencê-los. Cuidarás de mim, me darás colo e todo o seu amor, mesmo sendo eu apenas uma pecadora viajante de estradas escusas.

Obrigada por amar-me, pai.  Por aceitar-me tal qual eu sou, com todos os defeitos, manias e falhas. também por permitir que eu aqui esteja, mais uma vez em seus braços, apesar de todas minhas dúvidas, questionamentos e falhas.

Sabes quem sou, sabes o quanto luto, o quanto perco e o quanto desejo ganhar.
Sabes e me queres mesmo assim. Sabes e eu sei que és parte de mim, e que tudo o que já passei trouxe-me aqui, a teus pés, a tua presença.
Sabes porque és sábio, porque jamais engana-se.
E ainda sim, carrega em si toda a humildade e a simplicidade do amor e da bondade absoluta.

És paradoxal; Tênue e forte, brisa e ventania; A última gota d'água a molhar os lábios de um sedento, e a mais abundante fonte de vida que poderia existir.

Amo-te, meu pai querido.
Amo-te porque sem ti não sou nada.
Amo-te porque tu és amor.
Amo-te porque não existiria nada em mim se assim não fosse.

2 comentários em “Uma Carta Íntima – Reencontro Com a Fé 📿♾”

  1. Você é um tesouro, não me canso de te admirar. Mulher que nasceu para transmitir suas emoções, experiências e inteligência através da escrita. Parabéns! Deus te abençoe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: