Qual a utilidade da nota fiscal para uma empresa?

Oi, você!
A nota fiscal é um documento de grande importância tanto para comercializadores quanto para compradores, pois além de evitar a evasão do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), também garante os direitos dos consumidores. Toda via, mesmo tendo tão grande e clara importância, muitas empresas deixam de emiti-la por um motivo ou outro, o que é inaceitável. Você não somente corre riscos, como também faz com que o consumidor leigo corra. Por isso, resolvi falar sobre isso hoje, mostrando sua importância e uso para empresas, independentemente do porte. Continue lendo e conscientize-se! 👍

O que é a nota fiscal?

A nota fiscal é como a certidão de nascimento da compra.

Nela são especificadas diversas informações importantes sobre o produto, sendo as principais:

  • Data da compra;
  • Local da compra;
  • Marca do produto;
  • Modelo do produto;
  • Série do produto;
  • Tipo do produto;

Além disso, ela garante os direitos do comprador em casos de reclamação junto aos órgãos públicos da defesa do consumidor, e comprova que uma empresa paga seus tributos de forma correta.

Qual a importância da nota fiscal para uma empresa?

Como foi dito a cima, a tributação começa na nota fiscal. Uma empresa que emite regularmente este documento prova para o governo que os relativos percentuais estão sendo devidamente recolhidos.
Além disso, emitir notas fiscais passa credibilidade ao cliente, que em caso de falhas ou defeitos na mercadoria/serviço adquirido pode exigir
junto aos órgãos públicos uma solução cabível. Mas, vale ressaltar que micros empreendedores individuais ( MEI) só possuem a obrigação de emitir notas fiscais em casos de vendas ou prestação de serviços a outras pessoas jurídicas, e não ao consumidor final.

Nota fiscal eletrônica

Uma versão eletrônica da nota fiscal, que também é armazenada nos arquivos do sistema de emissão para que a segunda via possa ser gerada em casos de necessidade. Como quase tudo no mundo digital, ela surgiu para facilitar e agilizar a vida de todos os envolvidos, tornando o processo de controle e prestação de contas mais prático. Fique ligado porque algumas empresas possuem a obrigatoriedade de gerar notas fiscais eletrônicas, e não fazê-lo é considerado fraude tributária.

Segunda via da nota fiscal

A respeito da segunda via, ela pode ser solicitada para a empresa caso o consumidor perca a primeira. Mas, não existem garantias de que este pedido venha a ser aceito, uma vez que não é obrigatório para o empresário.

Conclusão

Emitir notas fiscais não é só importante, é necessário. Saiba que empresas que não o fazem estão sujeitas até mesmo a ter de sofrer graves penalidades, como longos períodos de reclusão e multas de até 225%, conforme artigo 1º da Lei 8.137/1990 e artigo 44 da Lei 9.430/1996.

Por isso, é melhor abrir os olhos enquanto ainda dá tempo!

Gostou do artigo? Tem algo a dizer sobre o assunto? Compartilhe nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *